Home / Educação / Alcance da UEG em 2016: presente em 45 cidades e oferta de 138 cursoss

Alcance da UEG em 2016: presente em 45 cidades e oferta de 138 cursoss

11.08.2015 Campus_UEG Anpolis_II

O governador Marconi Perillo disse ao reitor da Universidade Estadual de Goiás (UEG), Haroldo Reimer, que está muito contente com a projeção da instituição desde que ela foi criada, em 1999. A instituição encerrou 2016 presente em 45 cidades, com 41 campi e mais 10 polos, e ofertando 138 cursos. Até o fim do ano passado, foram 1.244 projetos de pesquisas em diversas áreas do conhecimento, incluindo 279 projetos de iniciação científica e 58 de Iniciação Tecnológica.

O balanço divulgado pela UEG mostra mais números positivos: até dezembro último, haviam 327 alunos cursando mestrados e oito doutorados, áreas de Stricto Sensu. Além disso, foram formados 92 novos mestres. Já na categoria Lato Sensu, a UEG conta, atualmente, com 52 cursos de especialização.15.05.2015 UEG Audiovisual

As conquistas, nesse espaço de tempo, estão sendo creditadas aos investimentos realizados pelo Governo de Goiás, sob a determinação do governador Marconi Perillo, que implementou uma política de recuperação da qualidade do ensino, apoio à pesquisa e à extensão, recomposição do quadro de professores e capacitação profissional, segundo avaliação do reitor Haroldo Reimer.

De acordo com ele, o objetivo do Governo Estadual é expandir o incentivo à inovação, à pesquisa, à extensão, inserindo a universidade como o mais importante polo de geração de ideias e conceitos do Estado. “Estamos expandindo o investimento em infraestrutura, com a readequação, ampliação e construção de unidades de ensino da UEG”, pontua.

Sintetizando os avanços, Marconi disse que tem muito orgulho de tudo o que aconteceu com a UEG.“É uma instituição que se enraizou por todas as regiões do Estado possibilitando o desenvolvimento regional mais equilibrado. Onde a UEG está instalada nós temos a certeza de que haverá prosperidade, desenvolvimento maior em benefício de toda a sociedade”, declarou.

Processos
Em 2016, a UEG realizou dois processos seletivos. O primeiro ofertou 4.020 vagas e recebeu 16.322 inscritos. No segundo semestre, foram abertas 430 vagas, que contabilizaram 3.338 inscritos. Atualmente, há 18.846 alunos (64% mulheres e 34 homens) matriculados – dos quais 7.249 na licenciatura e 7.660 na graduação e 3.937 entre mestrado, doutorado e especialização.

No programa de Mobilidade Internacional (intercâmbio), a UEG fechou o ano com parcerias e convênios com 57 instituições em 11 países, sendo que 48 alunos participam do Programa Ciência Sem Fronteiras, três alunos estão no Programa Santander Universidades e outros três alunos estrangeiros foram recebidos em Goiás.

No total, os 41 campi contam com 726 salas de aula; uma editora, que publicou cinco livros e sete revistas no ano passado; 17 complexos administrativos; 27 auditórios; 41 bibliotecas, com acervo total de 314.898 livros; 140 laboratórios; 28 centros de idiomas, que atenderam 5.349 pessoas em 59 cursos; e o Centro de Ensino e Aprendizagem em Rede.

Obras 

Existem hoje sete obras em andamento na UEG, como a construção do Campus da Cidade de Valparaíso, já criado em lei e cujo o projeto arquitetônico está em andamento. Além dessa obra, está em fase de finalização de projetos a reforma da Eseffego.

UEG de São Luis de Montes Belos

UEG de São Luis de Montes Belos

Estão em construção o Campus Itaberaí; o prédio do Grupo de Estudo, Pesquisa e Tecnologia Ambientalmente Sustentável, em Anápolis; a conclusão do Laboratório de Biotecnologia, em São Luís de Montes Belos; a construção da 2ª etapa do auditório, em Formosa, e a construção do Centro de Pesquisa e Extensão de Laboratórios na Fazenda Escola, em São Luís de Montes Belos.

“Estamos atuando gradativamente em novos investimentos. Ao longo dos anos, investimos muito na aquisição e renovação da frota própria da universidade. Hoje temos uma frota de quase 60 veículos novos e seminovos, além dos micro-ônibus para uso exclusivo da UEG. Isso nos ajuda a atender os alunos dentro da demanda de mobilidade que deve acontecer entre os campi”, diz Haroldo Reimer.

Gabinete de Imprensa do governador de Goiás

Veja Também

itego-capa

Rede de educação profissional em Goiás terá 30 Institutos Tecnológicos até 2018

Goiás possui asegunda maior rede pública estadual de educação profissional do País, atrás apenas de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *